sexta-feira, 24 de abril de 2009

Comunicação Verbal e Não-Verbal



Comunicação Verbal e Não-Verbal


A Comunicação é entendida como a transmissão de estímulos e respostas provocadas, através de um sistema completa ou parcialmente compartilhado. É todo o processo de transmissão e de troca de mensagens entre seres humanos.

Esquema da Comunicação de R. Jakobson:


Contexto
Emissor
Mensagem
Receptor
Contacto
Código


Para se estabelecer comunicação, tem de ocorrer um conjunto de de elementos constituídos por: um emissor (ou destinador), que produz e emite uma determinada mensagem, dirigida a um receptor (ou destinatário). Mas para que a comunicação se processe efetivamente entre estes dois elementos, deve a mensagem ser realmente recebida e decodificada pelo receptor, por isso é necessário que ambos estejam dentro do mesmo contexto (devem ambos conhecer os referentes situacionais), devem utilizar um mesmo código (conjunto estruturado de signos) e estabelecerem um efetivo contacto através de um canal de comunicação. Se qualquer um destes elementos ou fatores falhar, ocorre uma situação de ruído na comunicação, entendido como todo o fenômeno que perturba de alguma forma a transmissão da mensagem e a sua perfeita recepção ou decodificação por parte do receptor.


Elementos da Comunicação:


- Codificar: transformar, num código conhecido, a intenção da comunicação ou elaborar um sistema de signos;
- Decodificar: decifrar a mensagem, operação que depende do repertório (conjunto estruturado de informação) de cada pessoa;
- Feedback: corresponde à informação que o emissor consegue obter e pela qual sabe se a sua mensagem foi captada pelo receptor.


LINGUAGEM VERBAL: as dificuldades de comunicação ocorrem quando as palavras têm graus distintos de abstração e variedade de sentido. O significado das palavras não está nelas mesmas, mas nas pessoas (no repertório de cada um e que lhe permite decifrar e interpretar as palavras);

LINGUAGEM NÃO-VERBAL: as pessoas não se comunicam apenas por palavras. Os movimentos faciais e corporais, os gestos, os olhares, a entonação da voz são também importantes: são os elementos não verbais da comunicação.

Os significados de determinados gestos e comportamentos variam muito de uma cultura para outra e de época para época.
A comunicação verbal é plenamente voluntária; o comportamento não-verbal pode ser uma reação involuntária ou um ato comunicativo propositado.
Alguns psicólogos afirmam que os sinais não-verbais têm as funções específicas de regular e encadear as interações sociais e de expressar emoções e atitudes interpessoais.


a) expressão facial: não é fácil avaliar as emoções de alguém apenas a partir da sua expressão fisionômica. Por vezes os rostos transmitem espontaneamente os sentimentos, mas muitas pessoas tentam inibir a expressão emocional.


b) movimento dos olhos: desempenha um papel muito importante na comunicação. Um olhar fixo pode ser entendido como prova de interesse, mas noutro contesto pode significar ameaça, provocação. Desviar os olhos quando o emissor fala é uma atitude que tanto pode transmitir a idéia de submissão como a de desinteresse.


c) movimentos da cabeça: tendem a reforçar e sincronizar a emissão de mensagens.


d) postura e movimentos do corpo: os movimentos corporais podem fornecer pistas mais seguras do que a expressão facial para se detectar determinados estados emocionais. Por ex.: inferiores hierárquicos adotam posturas atenciosas e mais rígidas do que os seus superiores, que tendem a mostrar-se descontraídos.


e) comportamentos não-verbais da voz: a entonação (qualidade, velocidade e ritmo da voz) revela-se importante no processo de comunicação. Uma voz calma geralmente transmite mensagens mais claras do que uma voz agitada.


f) a aparência: a aparência de uma pessoa reflete normalmente o tipo de imagem que ela gostaria de passar. Através do vestuário, penteado, maquiagem, apetrechos pessoais, postura, gestos, modo de falar, etc, as pessoas criam uma projeção de como são e de como gostariam de ser tratadas. As relações interpessoais serão menos tensas se a pessoa fornecer aos outros a sua projeção particular e se os outros respeitarem essa projeção.


Conclusão: na interação pessoal, tanto os elementos verbais como os não-verbais são importantes para que o processo de comunicação seja eficiente.
Comentários da professora:
A comunicação verbal e a não-verbal são elemetos essenciais do processo de interação e estão presentes em todos o nossos relacionamentos quer sejam familiares, profissionais de lazer dentre tantos outros. É claro que o modo particular como nos manifestamos é a expressão mais direta de nossos comportamentos, em outras palavras, é nosso comportamento expressivo. É sabido que 70% de nossa comunicação é de natureza não-verbal, enquanto apenas 30% é constituída de palavras escritas ou faladas. Estamos o tempo todo, por meio de nosso comportamento expressivo, manifestando aspectos de nossa personalidade. Observar a forma como nos vestimos, o tom de voz que usamos em diferentes situações, como nos sentamos ou reagimos corporalmente nas diferentes situações nos dá boas pistas sobre nós mesmos e ao observarmos os outros podemos, por seu comportamento expressivo, saber um pouco daquilo que ele é - de sua personalidade - ou manifesta para nós.
ATENÇÃO: Este é um texto coplementar ao do livro que temos trabalhado em sala de aula.
Referência:

6 comentários:

Miriam Fernandes disse...

Olá professora, tudo bem contigo? Sou sua aluna do Curso Tec. em Segurança (noite). Estou achando super interessante as aulas sobre "Comunicação Verbal e Não-Verbal", inclusive fiquei bem surpresa em saber que em média 70% de nossa comunicação é realizada através da comunicação não-verbal. Falamos por meio de gestos quase que o tempo todo e acabamos nem percebendo. Quando um psicólogo analisa um candidato à vaga para um emprego, a comunicação não-verbal desta pessoa poderá ser um fator predominante para que ela seja reprovada?

Profª Dra. Rosalice Lopes disse...

Miriam,

Olá.
Entenda uma coisa: quando nos manifestamos fazemos com palavras e gestos. É claro que se alguém for reprovado não será apenas pelos gestos, mas eles com certeza, compõem parte da avaliação que estará sendo feita.

Até

Patty - Curso Téc. Seg. Priv. e Patrim. - MANHÃ disse...

É engraçado, como parece que todas as matérias de certa forma se completam. Estudamos um pouco sobre comunicação em português, e estamos estudando Marx em filosofia. Estudar ampliar nossos horizontes, e como faz bem a auto estima sentir que a cada dia somos um pouco menos ignorantes.

Profª Dra. Rosalice Lopes disse...

Patty

Que bom que elas se relacionam não acha?

Até

fernanda disse...

Olá Professora,td bem?
Bem, antes de mais nada, quero dizer que tenho uma certa falta de tempo para visitar o blog, mas quero dizer que prometo visitar mais vezes durante o recesso escolar,pois além de obter informações importantes no que diz respeito ao ser humano,este blog traz algumas curiosidades e que confesso são bem interessantes.
Bom, agora gostaria de confirmar o conteúdo da prova da próxima sexta 19/06,serão por acaso estes os temas:Personalidade e comportamento,linguagem verbal e não verbal e emoções e sentimentos?Se acaso houver outros,por favor me mantenha atualizada o qto antes!!!Muito obrigada e té mais!!!!!

Profª Dra. Rosalice Lopes disse...

Fernanda, O pessoal da noite tem um conteúdo diferente do pessoal da manhã. Para vocês cai tudo o que você perguntou, menos o tema personalidade que já foi visto na primeira prova, ok?
Que bom que você gostou do Blog.

Até